NOTÍCIAS

CADERNO DE CAMPO. AROMAS DE OUTONO.

CADERNO DE CAMPO. AROMAS DE OUTONO.

As noites vão ficando cada dia mais longas e isso permite que a temperatura durante as primeiras horas da manhã, até que começam a aquecer os primeiros raios de sol, seja mais baixa. Já chegou o outono, embora nos encontremos esperando o reverdecer dos campos e o começo do frio.

CADERNO DE CAMPO. O OÁSIS DO VERÃO

CADERNO DE CAMPO. O OÁSIS DO VERÃO

Depois da aventura acidentada que é cada ano a criação, centenas de juvenis de nossas diferentes espécies de aves se apressam a dar seus primeiros vôos, depois de exercitar suas asas. Os dias tornam-se mais curtos à medida que o Verão avança e as espécies migradoras têm de ser treinadas para a dura e longa viagem.

CASTELO BRANCO. O POTENCIAL TURISTICO DO BIRDWATCHING

CASTELO BRANCO. O POTENCIAL TURISTICO DO BIRDWATCHING

Continuam as jornadas formativas Território Eurobird. No dia 26 de agosto, das 10:00 h. às 13:00 h., na Biblioteca Municipal de Castelo Branco, terá lugar a jornada dedicada a «Potencialidades do turismo ornitológico na região de Castelo Banco»

CADERNO DE CAMPO. UMA NOITE DE VERÃO

CADERNO DE CAMPO. UMA NOITE DE VERÃO

As últimas tempestades de Junho caíram e, atrás delas, o vento fresco eleva o odor suave da terra molhada sobre a floresta de Quemierias, longe das margens. Hoje, nuvens suaves peneiram a luz da lua que está quase cheia.

CADERNO DE CAMPO. MIL CORES

CADERNO DE CAMPO. MIL CORES

Estamos num momento em que o campo é sinfonia de canto e de cor, com paradas nupciais e melodias que marcam o território, devemos aproveitá-lo pois em breve, todas estas aves se dedicarão à criação de suas ninhadas e se tornarão muito discretas

CADERNO DE CAMPO. NOVA VIDA

CADERNO DE CAMPO. NOVA VIDA

Estamos na recta final da Primavera, os dias vão sendo mais longos, o que faz com que, pouco a pouco, os campos vão secando de sul para norte, substituindo o cor verde pelos ocres e amarelos.

CADERNO DE CAMPO. EL AVE LENTA

CADERNO DE CAMPO. EL AVE LENTA

Segundo os lavradores mais antigos do local, o nome de abetarda provém do português “abetarda” ou ave lenta, pois tratando-se do pássaro voador mais pesado precisa de uma longa corrida e de um impressionante bater de asas até conseguir descolar do chão

CÁMARA DE COMERCIO DE CÁCERES. COMPETÊNCIAS DIGITAIS TURÍSTICAS

CÁMARA DE COMERCIO DE CÁCERES. COMPETÊNCIAS DIGITAIS TURÍSTICAS

Continuam as jornadas formativas organizadas pela Câmara de Comércio de Cáceres. No dia 17 de Maio, das 17:00 h. às 20:00 h. em horário espanhol – 16:00 h. às 19:00 h. em horário português, terá lugar a jornada dedicada a «Competências digitais turísticas»

CÁMARA DE COMERCIO DE BADAJOZ. JORNADA DE ORIENTAÇÃO TURÍSTICA.

CÁMARA DE COMERCIO DE BADAJOZ. JORNADA DE ORIENTAÇÃO TURÍSTICA.

Esta linha de apoio, gratuita, possibilitará a capacitação de empresas para o turismo de natureza na área da ornitologia, permitindo, entre outras temáticas de relevo, conhecer melhor a avifauna regional, o papel do guia de natureza, os diferentes perfis dos clientes que procuram esta atividade e as necessidades específicas da região.